Sabores ácidos, frutas e muita pimenta: saiba o que grávidas famosas desejam comer

Quando uma mulher engravida, não é apenas seu corpo que muda, mas também seu paladar. Não são raras as grávidas que sentem desejos inusitados, como comer arroz, feijão e tijolo, torta de jaca com mortadela e outras iguarias bizarras. Com as celebridades “barrigudas” acontece o mesmo.

Grávida de cinco meses, Luciana Gimenez, apresentadora do “Superpop”, da Rede TV!, admite que tem sentido muitos desejos. Especialmente agora, que seus enjoos deram uma pausa. “Como muito tomate e tomo muita água com gelo e limão. Também tenho vontade de comer pimenta. Tudo com muita pimenta”, revela a apresentadora que espera um menino, fruto de seu casamento com Marcelo Carvalho, vice-presidente da RedeTV!.

Ao contrário de Luciana, a atriz Juliana Paes diz que sentiu poucos desejos durante a gravidez. “Um deles foi comer churros e galinha com aipim feita pela minha mãe”, lembra ela, que está à espera de Pedro, seu primeiro filho com o empresário Carlos Eduardo Baptista.

Xô, enjoo!
À espera de uma menina, a atriz Daniele Valente está enjoando muito no início da gravidez. Por conta disso, ela diz que não tem sentido nenhum desejo diferente. “Meu desejo é que meu enjoo passe”, brinca ela, que é casada com o jornalista Christiano Cochrane, filho mais velho da apresentadora Marília Gabriela.

Paladar aguçado
Prestes a dar à luz Violeta, a atriz Maytê Piragibe acredita que o desejo na gravidez está ligado à vontade que a mulher tem de ser paparicada. “Na verdade é uma carência. A mulher fica mais sensível. Acho que essa questão do desejo é um pouco de mito”, afirma Maytê, que é casada com o modelo Marlos Cruz.

Maytê conta que a única diferença que sentiu ao engravidar foi que seu paladar ficou muito mais aguçado. “Tudo que já gostava ficou ainda melhor. Já adorava fruta. Passei a gostar e comer muito mais”, revela.

De olho na balança
Grávida de seis meses de uma menina, a atriz Letícia Spiller diz que está comendo muito bem e que, às vezes, tem sentido desejos. “Sinto vontade de comer coisas que tenham limão, mais ácidas e que não sejam enjoativas”, diz ela, acrescentando que tem evitado fritura. “Se não estou em casa, escolho só restaurantes orgânicos e naturais. Coisas saudáveis mesmo”.

Tudo por um desejo
Grávida de quatro meses do sambista Dudu Nobre, a estudante Priscila Grasso quis comer cajá com sal. Para realizar o desejo da mulher, Dudu colocou a família inteira atrás da fruta. Acabou conseguindo com um tio, que foi o primeiro a encontrar cajá.







Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>