Produção de feijão totalizará 3,286 milhões de toneladas em 2017, prevê IBGE.

A produção nacional de feijão totalizará 3,286 milhões de toneladas este ano, uma queda de 1,9% em relação ao previsto no mês anterior, segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de junho, divulgado na última terça-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A estimativa para a área a ser colhida diminuiu 0,5%, enquanto o rendimento médio encolheu 1,4%. Os maiores produtores são Paraná (com uma participação de 22,0%), Minas Gerais (16,5%) e Goiás (9,8%).

A primeira safra de feijão foi estimada em 1,6 milhão de toneladas, uma diminuição de 0,4% na produção frente a previsão de maio. A diminuição foi puxada pela Região Nordeste, onde houve perda de 8,1 mil toneladas, 1,9% a menos que em maio.

A segunda safra de feijão deve somar 1,2 milhão de toneladas, uma queda de 3,9% ante o levantamento de maio, devido a uma redução de 4,0% no rendimento médio. No Paraná, a produção encolheu 13,8%, acompanhando a diminuição de 13,9% no rendimento médio como consequência de adversidades climáticas: geadas no fim de abril, baixas temperaturas nos meses de maio e junho, e excesso de chuvas por ocasião da colheita.

Os mesmos problemas ocorreram em Santa Catarina, com diminuição de 5% na expectativa do rendimento médio e queda de 19,9% na área a ser colhida, o que resultou em redução de 23,9% na estimativa de produção em relação ao mês anterior.

Já a terceira safra de feijão tem previsão de colheita de 462 mil toneladas, 1,4% menos que o estimado em maio, uma perda de 6,7 mil toneladas. Minas Gerais teve redução de 2,4% na estimativa da produção, enquanto Goiás apresentou queda de 1,8% em relação a maio.

Fonte: IBGE







Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>