Preços do trigo estão em baixa no sul no país

Apesar de estarem com o nível de produção abaixo do esperado, os preços da saca do trigo continuam inferiores ao mínimo de R$ 33 a saca de 60 quilos, estipulado pelo Governo Federal. Enquanto que no Paraná, a saca está cotada a R$ 30, no Rio Grande do Sul, o preço é ainda mais baixo, de R$ 26. Ambos os estados representam cerca de 90% da oferta nacional de trigo.  A quantidade para comercializar é fraca, e dos 1,5 milhão de toneladas produzidas pelo estado gaúcho, 230 mil toneladas foram exportadas por apresentarem qualidade inferior á exigida pelo mercado brasileiro, e outras 300 mil foram leiloadas em programas do governo. A diminuição da oferta aumentou o custo da saca.  Maior produtor de trigo do estado, o Paraná teve menos da metade de suas 3,7 milhões de toneladas do produto disponível para comercializar.

Em contrapartida com a baixa comercialização, o consumo do trigo atinge os maiores patamares dos últimos cinco anos. De acordo com a Companhia de Abastecimento (Conab), o consumo deste produto no país vai para 12,2 milhões de toneladas, Um salto de 6% em relação ao ano passado. Para tapar a deficiência no abastecimento, o país deve importar cerca de 6,65 milhões de toneladas de países do Mercosul, especialmente da Argentina.

Fonte: Globo Rural







Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>